movimento ordem vigília contra corrupcao

terça-feira, julho 10, 2007

TARSO GENRO – “EL JUEZ” - ABSOLVE SILAS

E avacalha com a própria Polícia que comanda! Diz que não há provas contra Silas Rondeau.

Tarso Genro reiterou ontem que não há provas que incriminem o ex-ministro de Minas e Energia Silas Rondeau. “Examinei o processo, no momento em que foi quebrado o segredo de justiça. Eu não vi nenhum conjunto de indícios que formasse uma prova nem qualquer prova conclusiva sobre sua culpabilidade”, afirmou Tarso. Ao ser questionado sobre supostas falhas nas investigações da Polícia Federal, uma vez que o próprio Tarso não reconhece a ocorrência de indícios contra Rondeau, ele respondeu: "Nem todo que é indiciado, é condenado".

Outro ministro que também já julgou a falta de isenção das provas colhidas até agora pela Polícia Federal contra Silas ( as fitas de vídeo e tudo mais), foi o ministro das Comunicações, Hélio Costa. Ele argumentou que provas colhidas pelos “especialistas isentos”, estas sim, garantem que Silas é inocente. Vai saber quem são os tais “especialistas isentos”.

Vejam que interessante.
Segundo a matéria do Jornal o Globo (
aqui), o LULA afirmou que está “angustiado diante da possibilidade de Silas estar sendo vítima de injustiça". Ora, que cara de pau. O melhor jeito de se acabar com a angustia é justamente permitindo que as investigações cheguem ao fim, e que comprovem de vez por todas a inocência do acusado, se for o caso. O problema é que o Lula quer devolver AGORA, JÁ, a pasta de Minas e Energia ao suspeitíssimo Silas que, segundo a PF, está implicadíssimo com propinas na Operação Navalha.

O Jornal o Globo, de hoje, diz inclusive que a PF fez um relatório ainda mais contundente contra o Silas. É óbvio, que a raposa velha do Sarney está pressionando o Lula a devolver o cargo para o PMDB e este, cinicamente, fala em “angústia por injustiças”. Como bem diz o Jabor, mais abaixo: "esta gentalha que aí está, são todos uns mamulengos bêbados, uma raça de deselegantes que perdeu o respeito pela mentira”. Por Gaúcho/Gabriela

PIOR QUE A EMENDA
O PMDB cobra que Lula ou Tarso Genro (Justiça) desautorizem a Polícia Federal, que sustentou haver indícios contra Silas Rondeau no inquérito da Operação Navalha. Caso contrário, avaliam dirigentes, o desgaste do ex-ministro terá sido ainda maior que antes. Por Renata Lo Prete - FSP

AÍ, QUE SAUDADES DA TRAMOIA TRADICIONAL – Por Arnaldo Jabor
'Ah... que saudades da boa e velha corrupção d'antanho... Nem tinha esse nome... Era o quê? 'Bons negócios', bons ventos para um reino de prazeres', era uma troca justa entre o privado e o público. Não víamos mal nisso; havia uma certa beleza nesse casamento, nessa simbiose entre crime e progresso.

Quem trabalharia apenas pelo abstrato 'interesse público' que intelectuais cismaram que existe? Não há isso. Só o interesse pessoal, privado, só os egoísmos casados constroem um futuro. O 'desprendimento' romântico é hipocrisia, narcisismo, talvez até uma forma de masoquismo. Através dos contratos superfaturados, dos favores clandestinos, se construiu um país e as instituições se ergueram.

Nós, políticos ladrões da antiga, fomos semeados na Colônia, regados no Império, desabrochados na 1ª República. Éramos tradição cultural. Por isso, achamos que a coisa mais grave que aconteceu ultimamente no Brasil foi a desmoralização da política. Nem falo do desrespeito pela verdade, pois a verdade ninguém sabe o que é, mas a desmoralização da mentira. Essa raça de vagabundos não tem respeito nem pela mentira.

Éramos do tempo em que tudo era a aparência, em que havia a pose. Ahhh... como era importante a pose. Uma de nossas habilidades era justamente 'aparentar'; podíamos ter no bolso do paletó um 'jabá' recente, ali, quentinho... há, há, 'jabá', como vocês chamam, mas a pose era imprescindível. O importante não era ser honesto; era parecer honesto. Saudades do Lupion, do Ademar, do buraco do Lume, tantos... Vocês viram o discurso do Roriz, fingindo honradez? Nem mentir sabem mais... Ele parecia um mamulengo bêbedo, berrando fora de sincronismo, os gestos descolados das palavras, falando na Virgem Maria, numa patética imitação de nossas hipocrisias clássicas.

Sabíamos roubar de fronte alta, com dignidade. Um de nossos presidentes uma vez recebeu uma mala cheia de dólares dentro do Alvorada e passou uma descompostura no corrupto ativo: 'Deixe a mala preta aí e ponha-se daqui para fora!' Hoje, não. Essa gentalha lamentável aí do Senado não tem noção da 'poética da corrupção'; não têm um mínimo de elegância, de postura parlamentar, não têm oratória, não se cuidam, vestem-se mal, nos chocam com suas carantonhas sórdidas. Falta a esses auto-engano.

E tínhamos, na época, um oblíquo amor pelo País, sim. Tínhamos um carinho misturado com gratidão por tantos privilégios, nos sentíamos misturados com as florestas, com as cachoeiras, havia uma simbiose consentida entre nós e o povo.

Hoje não há mais nada disso. Aumentou muito o número dos desonestos. Veja o Senado. Quase todos... nosso prazer também advinha de nos sabermos a minoria esperta, o clã perverso, nossa volúpia era alimentada pela 'superioridade' que sentíamos pelos ridículos homens de bem, que nem as esposas respeitavam.

Nós, sim, éramos o Brasil. Essa gentalha aí não presta. Traiu a grande beleza secular da roubalheira nacional. 'O Estado de São Paulo

LULA VAI DAR 50 MILHÕES PARA RAINHA TRABALHAR (?)
Investindo nas Invasões
Apesar de Rainha ser um condenado da justiça, de recentemente ter sido condenado a mais 2 anos e 2 meses de prisão sob a acusação de ter desviado R$ 1,4 mil dos recursos de um assentado, de continuar liderando as ocupações - coisa que está proibido por lei - já que esta lhe concedeu o direito de responder aos processos em liberdade - ainda assim, os técnicos do governo iniciam nesta terça-feira, 10, uma visita de dois dias ao Pontal do Paranapanema, no extremo oeste de São Paulo, para analisar o projeto natimorto de produção de biodiesel proposto pelo condenado Rainha. Sob a desculpa de querer plantar pinhão manso – um grão totalmente incompatível para região do Pontal, e também a cultura mais perigosa dentre todos os grãos disponíveis para a produção de biodiesel, em termos de produtividade – ainda assim, o Lula pretende
“investir” cerca de R$ 50 milhões no projeto em dez anos.

Perseguição?
CLODOVIL É DEMITIDO POR JUSTA CAUSA DA TV JB
O motivo que será alegado na Justiça é que
Clodovil não aparecia para gravar "Por Excelência", para o qual foi contratado com salário de R$ 50 mil. Segundo um diretor, além de dar pitis reclamando de tudo, o deputado desmarcava programas e gravações externas. Sua produção foi dispensada. A TV JB não quer pagar multa de R$ 1 milhão pela rescisão. A assessoria dele não comentará o assunto. Folha Online

QUEM VAI SUBSTITUIR WALDIR PIRES?
O Lula decidiu (mais uma vez) substituir o ministro da Defesa Waldir Pires. Em reuniões no Palácio, discute as alternativas. No começo, o mais forte era o deputado Aldo Rebelo, do PCdoB, que em fevereiro havia sido convidado – e aceitou. Mas o PT tenta emplacar o deputado Paulo Delgado, de Minas. Surgiu então um tertius, o jurista Ives Gandra Martins, que nada entende do assunto, mas seria respeitado pelos militares. Então Dilma Rousseff colocou na mesa o nome do desembargador aposentado Jorge Uchoa, do Rio. Que também nada entende de Defesa, mas mantém boas relações com o grupo de José Dirceu. Revista IstoÉ

A la mierda Chávez!
"RCTV" COMEÇARÁ A TRANSMITIR PROGRAMAÇÃO REGULARPOR CABO
A emissora venezuelana "Radio Caracas Televisión" (RCTV) começará em breve a emitir por cabo uma programação que será "quase igual" à que transmitia em sinal aberta antes da meia-noite de 27 de maio, data em que sua licença de operação expirou, informou hoje a imprensa local.
Representantes da "RCTV" disseram à imprensa que "as pessoas se surpreenderão", porque a emissora terá "quase a mesma oferta" de quando era transmitida "em sinal aberto". – Agência EFE

O comunista Saramago alerta
SOBRE “TENTAÇÃO AUTORITÁRIA” NA ESQUERDA LATINO-AMERICANA

O prêmio Nobel de Literatura (1998) José Saramago
alertou nesta segunda-feira a imprensa colombiana para uma "tentação autoritária" observada em setores de esquerda que chegaram ao poder na América Latina.

Saramago disse que a esquerda "sofre uma espécie de tentação maligna que é a fragmentação" ao responder a uma pergunta do jornal El Tiempo sobre o ressurgimento de governos desta tendência na América Latina; deu a entender que mantinha suas reservas.

"Há uma tendência autoritária em muitos países. Nada restou dos ideais", afirmou o prêmio Nobel, que também adotou um tom crítico com relação aos grupos armados que atuam na Colômbia, incluindo as guerrilhas de esquerda. “Há desaparecidos, seqüestrados, paramilitares e guerrilheiros que, no começo, suponho que tivessem vontade de mudar algo, mas se tornaram seqüestradores e narcotraficantes, e o pior é que eles já não saberiam viver de outra forma", lamentou. "Não vejo nada mais estúpido do que a esquerda", acrescentou o escritor.

Por Gaúcho/Gabriela (MOVCC)

2 Comments:

  • testando

    By Anonymous gaucho, at 12:20 PM  

  • Lula também se "angustiou" com Dirceu, Palocci, "nosso Delúbio" e Renan, lembram-se?
    Todos cidadãos exemplares.

    Sobre o tal Rainha, fico pensando se o MPF não terá como impedir tal absurdo. Esta é claramente uma atitude ilegal e imoral, pior ainda porque envolve dinheiro público. Deve haver alguma lei entre as milhares deste país que impeça o governo de dar dinheiro aos criminosos. Será que já não chega o escândalo das pensões a anistiados?

    P.S. Não é à-toa que gosto de Saramago

    By Blogger Saramar, at 9:36 PM  

Postar um comentário

<< Home