movimento ordem vigília contra corrupcao

quinta-feira, novembro 02, 2006

AGRESSÃO À MÍDIA E CAOS EM AEROPORTOS MOSTRAM O “NOVO” LULLA.


No discurso na noite da vitória, Lula prometeu mudar o comportamento diante da mídia e jurou que o País agora está pronto para o crescimento sustentado. 24 horas depois, a Imprensa é agredida e controladores de vôo param o Brasil. “Presidente” admite que é um refém no Palácio do Planalto.

Ele nota que o “presidente” alardeou no domingo à noite, tão logo o adversário Geraldo Alckmin admitiu a derrota, que no segundo mandato mudaria o comportamento diante da imprensa.

“Menos de 24 horas após esse discurso, em São Paulo, Lula chegou a Brasília e testemunhou jornalistas serem ameaçados por truculentos petistas, alguns repórteres inclusive tendo que se resguardar dentro dos veículos para não serem agredidos pelos pelegos e brutamontes da CUT e do PT”, lembrou o líder.

De forma não menos grave, o “presidente” indaga a assessores: “'Quer dizer que nós estamos reféns dos controladores?”“Não há meia palavra para definir o papel do governo Lula no episódio dos controladores de vôo: incompetência. Incompetência crônica”, acusou o deputado Aleluia.

No mesmo discurso em que assegurou uma nova postura em face da imprensa, Lula anunciou aos incautos que o Brasil estava pronto para o crescimento. As bases para isso estavam solidificadas.

“Um simples movimento de controladores de vôo desmente Lula, que, ostentando o despreparo habitual, se diz refém de uma categoria”, afirmou Aleluia. Para o oposicionista, Lula sequer começou o segundo mandato, mas já expõe as mesas deficiências de sempre.

“A experiência que ele disse ter adquirido com os erros passados de nada serviram. Agora, juntou-se a corrupção e a incompetência à intolerância, no pior estilo do nazi-fascismo, como demonstra a violência contra jornalista”, concluiu o líder. :: Assessoria de Imprensa do PFL

*

"APAGÃO AÉREO DE LULA DO PT ASSASSINOU 154 BRASILEIROS"

O “apagão da aviação do governo Lula” fez 154 vítimas fatais. Os familiares já têm a quem acionar: a União. Reportagem de Eliane Cantanhêde, na Folha de hoje, informa: a caixa-preta do Legacy revela que a torre de São José dos Campos errou e autorizou os pilotos Joe Lopore e Jean Paladino a voar a 37 mil pés, na contramão do avião da Gol. O resto já se sabe.

Não sei como anda o transporte marítimo. O terrestre, com exceção das estradas paulistas até onde sei, é o caos na forma de buracos. O dos céus vive uma situação de calamidade. Não obstante, o governo “como nunca houve nestepaiz”, no horário eleitoral gratuito, satanizou as privatizações, aquelas mesmas que fazem das estradas de São Paulo as mais seguras do país. Com pedágio, é verdade. Quem as quer como são sem pagar acredita em almoço grátis; está querendo um Bolsa Automóvel.

Que este seja o país do Aerolula é só a ironia que definitivamente nos cobre de ridículo. Alguns leitores observam que escrevo, às vezes, textos furiosos. Pois é. Eu acho mesmo que nos falta um pouco de fúria. Aquela que todo indivíduo deve ter contra o Estado e o governo se não quer ser um escravo moral. Por Reinaldo Azevedo

*

INCOMPETENTE E SEM AUTORIDADE, LULA SE DIZ REFÉM DE OPERADORES

No sexto dia da operação-padrão dos controladores de tráfego aéreo e véspera do feriado de Finados, houve ontem atrasos de até seis horas nos vôos nos principais aeroportos do País. A crise provocou irritação e cobranças no Palácio do Planalto. 'Quer dizer que nós estamos reféns dos controladores?', quis saber o presidente Lula da Silva, durante reunião com assessores na terça-feira.

Ontem as autoridades do setor cederam às reivindicações dos operadores: os procedimentos da greve branca vão virar padrão das operações aéreas no País. Lula mostrou irritação no encontro no Planalto e chegou a dar socos na mesa. 'Se eles estão fazendo operação-padrão, quer dizer que antes estavam fazendo errado?'

O presidente não considerou satisfatória as alegações dos assessores. Nenhum deles admitiu a realização da greve branca. Além do comandante da Aeronáutica, Luiz Carlos Bueno, estavam presentes os ministros da Defesa, Waldir Pires, e da Casa Civil, Dilma Rousseff, os presidente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), José Carlos Pereira, e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuanazzi.

O presidente cobrou da Anac o porquê da liberação de novas linhas para as empresas de aviação, apesar de operadores alegarem falta de pessoal e de estrutura para monitorar vôos. Quis saber ainda o motivo de a Aeronáutica ter cancelado, em junho, um concurso para contratar 144 controladores. Lula chegou a avisar, incisivo: 'Se vocês não derem uma solução, eu vou dar.'

Ontem, antes de embarcar para quatro dias de descanso em Salvador, o presidente quis saber se algo havia mudado na situação dos aeroportos. Dessa vez, a cobrança recaiu sobre Dilma.

O presidente não gostou de saber por meio de reportagem publicada pelo Estado que, em outubro de 2003, um estudo do Conselho de Aviação Civil (Conac), alertava para o risco de colapso no sistema de controle aéreo, por causa da retenção de investimentos no setor. Pediu a Dilma que verificasse o que aconteceu com o estudo, enviado à Casa Civil. Apesar da irritação de Lula, a situação deve se normalizar só no início de 2007, prazo definido pela Aeronáutica para controladores de Brasília deixarem de operar no limite da segurança.

O novo padrão será o da greve branca: cada operador vai acompanhar no máximo 14 aviões. 'Precisou acontecer um acidente como o do Boeing da Gol para o País dar atenção aos problemas do tráfego aéreo', disse Ernandez Pereira da Silva, diretor do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Proteção ao Vôo. :: Tânia Monteiro e Valéria França – Os Estado de São Paulo

*

INTELECTUAL LANÇA MANIFESTO A FAVOR DA LEI NO CASO SADER

Campanha lançada pelo jornalista Reinaldo Azevedo, colunista da Veja, mobiliza a sociedade em favor da Lei. Para manifestar seu apoio, clique euapoioalei@pfl.org.br e dê sua opinião.

A sentença que condenou o professor Emir Sader a um ano de prisão e ao desligamento do serviço público, proferida pela 22ª Vara Criminal de São Paulo, em razão de ofensa cometida pelo réu contra o senador Jorge Bornhausen, gerou manifestações contra e a favor da decisão judicial.

Indignado com manifesto lançado hoje em defesa de Emir Sader, o jornalista e intelectual Reinaldo Azevedo, colunista da revista Veja, lançou a campanha de apoio à sentença judicial, ou seja, em defesa da Lei e da Justiça.

Leia, abaixo, a íntegra da nota divulgada por Reinaldo Azevedo em seu site (http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/): Campanha: todo apoio à sentença que condenou Emir Sader

O site do PT está propondo uma mobilização nacional — e internacional — em defesa de Emir Sader, condenado a um ano de prisão, em regime aberto, e perda da função pública por ter cometido o crime de injúria contra o senador Jorge Bornhausen. Sader acusou o senador de “racista”, o que ele não é. Racismo é crime. Inafiançável.

Atribuir a alguém um crime que a pessoa não cometeu também é um ato criminoso: injúria. Foi o que fez o militante petista. Na defesa que faz de Sader, o PT lista as pessoas que o apoiaram no ato de injúria: João Pedro Stedile (aquele, sabem?, do MST, que não acredita em propriedade privada); Ignácio Ramonet (um salta-pocinhas internacional do Le Monde Diplomatique que apóia todos os ditadores do Terceiro Mundo); Eduardo Galeano (suposto intelectual uruguaio, com prazo de validade vencido desde o fim do stalinismo, autor de As Veias Abertas da América Latina, que eu já chamava de As Véias Abertas da América Latina antes dos 20 anos); José Luís Fiori, sociólogo com especialização em economia, muito estimado por escrever idéias rasas de forma complicada (a dificuldade se confunde com profundidade — até hoje, ele acha que o Plano Real deu errado; como ele era contra, está à espera de que sua profecia ainda se cumpra) e Samir Amin, um marxista... egípcio (confesso que tive de segurar a gargalhada).

Há petistas no Congresso se mobilizando contra a sentença. Estão se aproveitando da “impunidade” parlamentar para desferir ataques novos ao senador. Bem, cabe a nós o quê? A defesa da lei, não é mesmo?

Deixem mensagens de apoio à legalidade e à sentença no seguinte e-mail: euapoioalei@pfl.org.br. Conto com vocês. Comecem agora.

Não se trata de apoio partidário ou coisa parecida. Trata-se, isto sim, de fazer valer a lei. De agora em diante, já sabem: é ser xingado de “racista” por alguém, ou o sujeito prova o que disse, ou responde pela injúria. Temos de nos ver livres dessa “raça” (ver acepção nº 11 do Houaiss) de “espadachins da reputação alheia”.

Vejam só: eu os presenteio até com Balzac, e “eles” me mandam frases de Lula... Agência PFL

Por Gaucho/Gabriela (Movimento Ordem e Vigília Contra a Corrupção)

9 Comments:

  • Todos nós estamos há muito tempo só gritando, esperneando contra Lula e o PT, achando que tudo não passa de loucuras, incompetência desse governo, mas sabemos que o plano é diabólico:
    Instalar a desordem na sociedade,
    Fragilizar as instituições civis,
    Desmoralizar a oposição política,
    Institucionalizar a miséria,
    Calar a imprensa,
    Se apossar definitivamente do Estado brasileiro,
    Implantar a DITADURA, que já começou.
    Eu pergunto, O QUE FAZER?
    Sou um simples cidadão e estou vendo nitidamente o que está acontecendo no meu país. Só não sei o que é que a sociedade responsável do Brasil está fazendo para nos livrar desse golpe.

    By Anonymous Anônimo, at 12:45 PM  

  • Não vamos dar trégua para o bandido. Vamos bater, bater e bater, sem cansar de protestar e fazer barulho contra este desgoverno maldito. O fato dele ter ganho, não significa absolutamente nada. Até por que, continuamos sem governo. Queremos um representante legítimo, sem crimes nas costas e que tenha competência. Esse aí, não serve!
    Somos a "elite" decente. Queremos um governo decente.

    By Anonymous LILIKA, at 2:16 PM  

  • Caos nos aeroportos para o réles-contribuinte, enquanto sua excelência “o podre” viaja com os áulicos, em avião intercontinental, sem qualquer problema, economia ou burocracia aeroviária, para seu "castelo" litorâneo, repousando na praia de Inema, da Marinha, na Bahia. É isso aí, povinho de merda!

    By Anonymous José Maria, at 2:29 PM  

  • Olha só o caos nos aeroportos:
    Na Globo: funcionários estão abandonando seus postos e os passageiros assumindo seus lugares! A policia está em vários aeroportos no país! Um terror com crianças desmaiando e agressões físicas! Enquanto isso, o safado do Lula está lá, curtindo seu novo mimo Jak Wag e as belas praias baianas!

    Já assinei a campanha. E pretendo participar e assinar tudo que vier, e que possa desestabilizar esse medíocre incompetente.

    By Anonymous Ciro Oliveira/CE, at 2:56 PM  

  • PETER???? ehehehe
    Ou será CIDA? SURDA E GORDA???? E aínda por cima, se presta a este papel medonho! Só sendo MEDONHA, prá assumir-se petista! ARGH!!

    By Anonymous GAUCHO, at 6:19 PM  

  • Deixa o homem descansar pessoal, Porque após quatro anos defendendo os seu comparsas, de todas as acusações criminosas, ele deve estar cansadíssimo de mentir e dizer que não sabia de nada.

    By Anonymous LU, at 8:24 PM  

  • Onde já se viu o presidente em exercício do PT querer dar lições de moral aos jornalistas, incentivando os incautos a ofenderem pessoas da comunicação? Isso está cheirando muito mal. Estão plantando muito vento. Tempestades é o mínimo que vão colher. E que seja logo porque está impossível de suportar.

    By Anonymous GABRIEL HICHIMORI, at 8:31 PM  

  • Eu discordo que a culpa seja de Lulla. Ele sempre foi sabidamente um despreparado. A culpa é do povinho de corrupto que o colocou lá.

    By Anonymous CACÁ-SP, at 8:58 PM  

  • Pessoal,

    Depois de ver no blog do Reinaldo Azevedo os absurdos que o Prof. Sader - aquele que injuriou o Sen. Bornhausen - contra a nossa querida língua portuguesa, resolvi criar uma comunidade no Orkut: EMIR SADER NÃO SABE ESCREVER!

    Pesquisei outros textos do Ilmo. Sr. Sader e vi que seus erros não são eventuais. Eles representam a regra mesmo.

    O primeiro tópico já é de chorar (chorar de rir ou chorar mesmo, de tristeza).

    Entrem lá. Vamos ajudar o Prof. Sader e seus alunos a escrever melhor!

    http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=23006444

    By Blogger Pablo Henrique de Oliveira, at 5:01 PM  

Postar um comentário

<< Home