movimento ordem vigília contra corrupcao

segunda-feira, maio 28, 2007

UMA BOFETADA NA AMÉRICA LATINA

A América Latina amanhece hoje menos democrática, mais autoritária, menos independente, mais oprimida, menos sorridente, mais cínica e menos, muito menos, capaz de garantir a plena liberdade aos cidadãos. Quando o sinal da emissora privada mais popular de Caracas, a RCTV, foi desligado, no último minuto do domingo, o governo de Hugo Chávez festejou o que todos os vizinhos da Venezuela deveriam temer. Editorial do JB Online

Por um golpe de caneta calou-se a voz da oposição aos delírios da Revolução Bolivariana. E por razões diversas, as democracias estáveis na região, o Brasil incluído, foram incapazes de impedir mais uma perigosa demonstração de desprezo à liberdade. Quanto o Estado controla a informação, mantém a verdade como refém.

Chávez quer governar com 100% de apoio, porque se vale da máxima de que a oposição no país une a elite que explorou a nação por tantos anos com a influência geopolítica dos Estados Unidos. O argumento até tem lógica, mas o objetivo é outro. Também crê que o caminho para o desenvolvimento dos excluídos passa pela carbonização de quem ousa cruzar seu caminho. Mandou silenciar a emissora pelo apoio que a acusa de ter dado ao golpe fracassado do qual escapou - com a ajuda do Brasil, diga-se de passagem.

Na época, o governo brasileiro recusou-se publicamente a reconhecer o governo golpista - coisa que os EUA já haviam apressadamente feito - e essa posição firme, seguida pelos outros países sul-americanos, retirou a sustentação da aventura, abrindo caminho ao retorno de um governo eleito pelo voto.

De lá para cá, no entanto, Hugo Chávez continuamente desrespeitou a legitimidade desse papel, optando pela montagem de um esquema no qual o voto foi transformado em tijolo para a construção populista e autoritária, um instrumento habilmente manipulado para servir de atestado de idoneidade. A mesma fórmula vale para o Parlamento, com 100% de cadeiras ocupadas por governistas.

Fazendo uma comparação que em muitos pontos é próxima - na vocação de ambos para a autoglorificação, por exemplo - Saddam Hussein pessoalmente executava quem o desafiava no Iraque; na Venezuela, o que explode com a mordaça imposta à RCTV é o direito de manifestar a discordância como passo fundamental para a consolidação democrática. Não há fuzilamentos, mas sem a imprensa livre e liberdade de informação, quem saberá se algum dia eles começarem?

A decisão da Suprema Corte venezuelana, cujos juízes foram destituídos por Chávez e substituída por nomes de sua confiança, carece de justificativa à luz do Direito. Emana de um processo político, conduzido como uma vendetta maquiavélica. Uma medida de força aplicada por togados de aluguel cuja missão é emprestar legalidade a desmandos.

Não bastasse ter endossado tamanho arbítrio, a corte ainda deu o tiro de misericórdia: numa medida sem qualquer respaldo no próprio processo, decretou o confisco de bens e instalações da RCTV, que serão transferidos para a nova emissora estatal. Criada pelo regime para se autoelogiar.

Se contou com a ajuda brasileira no passado, o presidente venezuelano também tem a agradecer agora ao colega Luiz Inácio Lula da Silva pela acintosa imobilidade. Ouviram-se mais protestos contra o arbítrio na Europa do que em Brasília. A omissão silenciosa na defesa das liberdades democráticas, se não sinaliza uma suspeita concordância com o método, ajuda a pavimentar o caminho da oposição venezuelana ao emparedamento.

Em um país dividido, agora só a metade tem direito a voz. Mas 100% têm obrigação de concordar. O perigo é alguém aqui achar que isso ajuda a governabilidade.

CARACAS FOI UMA GUERRA ONTEM
Portal G1 - Assista ao
vídeo aqui.

Que raio de igreja é esta?
DOM CLÁUDIO COMPARA LULA A JESUS CRISTO

Em missa que marcou ontem a reabertura da capela do Palácio da Alvorada, dom Cláudio Hummes, "ministro" do papa na Congregação para o Clero, comparou o io Lula da Silva a Jesus Cristo e a são Francisco de Assis.

Dom Cláudio, amigo de Lula desde os tempos de sindicato dos metalúrgicos do ABC, comandou uma missa restrita a poucos convidados. Além de Lula e da Marisa Letícia, o José Alencar, sua mulher, Mariza, e o ministro Patrus Ananias (Desenvolvimento Social) acompanharam a celebração, no final da manhã.

Durante a missa, na Capela Nossa Senhora do Alvorada, dom Cláudio enalteceu a preocupação social do governo petista e o fato de Lula ter recebido nesta semana um grupo de hansenianos no Palácio do Planalto. "Lula fez como são Francisco de Assis, que ficou célebre na história ao beijar os hansenianos. Ele [Lula] fez o que Jesus Cristo também faria - amar um irmão mais desamparado", disse dom Cláudio. FSP

A Matilha
GOVERNISTAS SE UNEM PARA ATACAR A VEJA
Procedentes ou não, as notícias de envolvimento com o lobista da empreiteira Mendes Júnior, Cláudio Contijo, colocaram em xeque a supremacia de Renan Calheiros no Congresso e mobilizaram todos os partidos da base de apoio do governo Lula.

Acostumados a retornarem à Brasília só na terça-feira, ontem à tarde líderes de bancadas já antecipavam a viagem. Todos estarão no Congresso hoje de manhã. Cogita-se uma reunião da bancada governista antes do discurso de Renan.

Os senadores dos sete partidos da coalizão trazem na bagagem o discurso pronto para a defesa do aliado.
Vão atacar a revista Veja, autora das denúncias, e argumentar que "nenhum documento foi apresentado na publicação" que prove as ligações do senador com o lobista da construtora Mendes Junior. JB Online

FESTA NO INFERNO
Um ditador já está no inferno (Pinochet), outro está a caminho (Fidel) e - ufa! - agora o tampinha da Coréia do Norte também
anda mal das pernas. Bye, bye, ditadores.

PS: o Tibinga já está de olho na América do Sul... Por Orlando Tambosi

COMENTÁRIO
Quem acompanhou ontem a manifestação dos venezuelanos pelas ruas certamente que se emocionou. Impossível não se lembrar do velho bordão daquela propaganda da Vodka Orloff - “eu sou você amanhã”.

Os venezuelanos já adentraram no imenso pasto coletivo sob o julgo do cajado do pastor, agora convertido em vara de ferro.

O nosso lobo também travestido de pastor deve ter ficado cheio de inveja do companheiro Chávez. Pois fiquemos atentos, porque temos um ponto de fragilidade que nos torna ainda mais vulneráveis do que os venezuelanos: Aqui, temos um dom Cláudio Hummes. Por Gaúcho/Gabriela (MOVCC)

2 Comments:

  • Caros amigos,

    Realmente a América (do lado de baixo) caminha a passos largos para transformar-se na LATRINA DO MUNDO.

    Evo, Chávez e Lulla entre outros estão enlameando esse continente.

    E se não bastasse, o Cardeal Vermelho Hummes parece ter cera em excesso nos ouvidos: não escutou nada do que Bento XVI disse em sua visita por aqui.

    Vão de Retro!!!!!


    SDS.

    By Blogger CAntonio, at 2:22 PM  

  • Bom dia.

    Gostaria de prestar, publicamente, minha incondicional solidariedade ao Presidente do Senado, o senador Renan Calheiros.

    Eu acredito piamente nele, assim como creio na existência do saci, dos discos voadores, do Papai Noel, do coelinho da páscoa e de todo o Sítio do Pica Pau Amarelo. Eu também creio em doendes e na Xuxa.

    Eu acredito, do mesmo modo, que o Bruno, o goleiro do mengão, poderia ter pego a porra daquela bola que entrou coladinha na forquilha, bem no ângulo, no mais recente jogo contra o Botafogo.

    Sim, Renan Calheiros é inocente, assim como foram Stalin, Mao, Fidel, Che, Pinochet, Pol Pot, Nero e Hitler.

    Culpado foi o Barbosa que deixou passar aquela bola que o Gigia chutou entre ele e a trave, viu? Neste jogo, até o Bigode foi absolvido.

    Pode ir dormir tranquilamente, senador Renan Calheiros, pois se há um culpado nisso tudo, só pode ser esta cambado de filhos-das-putas que votaram no Elo Perdido de Garanhuns para mais um mandato de quatro anos, junto a sede maior do crime organizada, a capital autista, Brasília.

    Só mais uma coisa, senador...

    Se eu acredito que o amnesiado do Presidente do Brasil realmente nunca sabe de porra alguma, por que eu não acreditaria na sua inocência, hein?

    Sou de direita, mas nestas horas, sou cartesiano:

    "Eu, assim como milhões de imbecis que votaram neste paquiderme marxista que emporcalha o nosso Executivo, não penso, nem existo, apenas cogito a possibilidade de que o senador é muito mais do que um inocente: é útil."

    Quanto ao cd, com os maiores hits da barbearia Navalha, será que vai ter o piratão vendendo no camelodromo do Centro, aqui no Rio?

    Aí, vai ser show!

    Abração,

    By Blogger Bagli&Blog, at 12:08 PM  

Postar um comentário

<< Home