movimento ordem vigília contra corrupcao

quarta-feira, novembro 22, 2006

A POLÊMICA DO VERMELHO


"EU PREVEJO MOMENTOS EXCEPCIONAIS PARA A AGRICULTURA BRASILEIRA” - Lula, em discurso na cidade de Sapezal, a 480 quilômetros de Cuiabá.



MST INTERDITA ESTRADAS, INVADE TERRAS NO NORDESTE E PROMOVE MATANÇAS
No Pará, movimento é acusado de matar cabeças de gado em Eldorado de Carajás.
Agricultores ligados ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) promoveram ontem novas invasões e bloqueios de rodovias pelo país.

Em Pernambuco, lavradores invadiram três fazendas, bloquearam duas rodovias e promoveram um ato público urbano. Na Paraíba, eles bloquearam a BR-361 e invadiram um prédio.
No Pará, a Fazenda Peruano, de Evandro Mutran, o gerente da relatou que um grupo de sem-terra matou ao menos 19 cabeças de gado e que já foi atacada por duas vezes nos últimos 15 dias. Trata-se de uma fazenda moderna e que trabalha com tecnologia de ponta: inseminação e venda de embriões de gado nelore.
Esta propriedade já foi autuada pelo Ministério do Trabalho por irregularidades. O que não justifica, no entanto, a carnificina promovida em seu curral, por grupos de bandoleiros.

No Rio Grande do Sul, cerca de 300 sem-terra que partiram de Santana do Livramento em marcha até São Gabriel estavam ontem a cerca de 500 m de um grupo de quase 300 ruralistas que tenta barrar a chegada dos manifestantes ao centro de São Gabriel. O MST pressiona pela desapropriação de uma fazenda. Leia mais

Lula afirma que se surpreendeu com a crise da agricultura e agricultores estranham sua declaração. Assista ao Vídeo

*


A POLÊMICA DO VERMELHO
A cor vermelha, desde há muito tempo, é representativa, em termos psicossociais, de algo deprimente, aterrador, agressivo. E não é à toa.

Os exemplos se sucedem na história: a China vermelha, com suas horrendas matanças (como a da Praça da Paz Celestial, a invasão do Japão etc.); o Japão vermelho, com suas estratégias guerreiras questionáveis, por conta de um fanatismo indescritível, herança da milenar cultura oriental; Cuba vermelha, com suas atrocidades sob o manto da ditadura castrista de mais de quarenta anos, mantendo um povo (e o país) em patamares paupérrimos e sob o rígido som das botas militares extremistas de Fidel, a pretexto de “salvar a pátria do imperialismo destrutivo dos EUA”.

E agora também o Brasil, que, no lugar do martelo e da foice, estampou uma estrela (também símbolo japonês, chinês, russo, comunista enfim). O vermelho parece ser assim, atrativo para certos regimes que, a pretexto de tornarem a sociedade mais justa e equilibrada (minorando as diferenças entre as classes, ao aproximá-las a praticamente um patamar só), acabam por instalar, ao longo do tempo, um sistema social escravizado, onde o cidadão não possui liberdade a não ser para aquilo que é de interesse desse tipo governamental.

Mais: não sendo democrático, dito regime pune com rigor e age com extrema ferocidade e violência, no sentido de inibir e até de destruir aqueles que, por desventura, venham a se insurgir contra o mesmo, já que a concentração de poder costuma situar-se numa pessoa apenas, com delegação a um seleto séqüito de truculentos assessores, via de regra treinados para impor-se pela força e não pela razão.

Aliás, este tipo de regime desconhece a razão, preferindo valorizar a desorganização do que estava organizado, para re-estruturar a seu modo um sociedade subserviente, passiva, massacrada.
Se não fosse assim, as nações submetidas a este tipo de regime teriam desenvolvido e crescido como tal, suas sociedades teriam avançado, seus povos seriam felizes e destoariam do restante do planeta pelo brilho da sabedoria e do equilíbrio social.

Ao contrário, hoje se observa uma Rússia destruída; uma Cuba isolada, arcaica, retrógrada; uma China tentando buscar espaço no mundo capitalista; uma Coréia do Norte liderada por um insano e beócio ditador.

Assim, se o que se busca é um equilíbrio social, certamente não se chegará a ele pela imposição forçada de um regime nefasto, como o comunista marxista-leninista. Nenhuma forma, velada ou não, de regime de exceção pode ser melhor do que um sistema que prega a liberdade de ir-e-vir, a individualidade, o direito ao patrimônio em decorrência da capacidade (e do esforço) de cada um.

O que, sim, deve ser apregoado e incentivado, é a destruição da corrupção, da falcatrua política, da truculência insana e de discurso mentiroso de partidos fanáticos, acobertados por um falso manto de luta pela igualdade social.

Lamentavelmente, este tipo de regime prospera justamente entre as camadas mais ignaras da população (que são predominantes), facilmente manipuláveis e permissivas para alçar ao poder um regime sabidamente destoante com os princípios mais básicos da democracia, mas que, com um discurso fácil e aliciador, demonstram outra face, até que consigam seu intento final, de instalar suas execráveis redes de manipulação social, nos mais diversos escalões dos governos. Por Juan Y. Koffler Añazco Escritor, Pesquisador Social, Consultor Internacional – Portal do Vereador

*


LULA CONFESSA QUE NÃO SABE O QUE FAZER
Presidente promete se dedicar até 31 de dezembro para encontrar soluções para País crescer.

BARRA DO BUGRES (MT) - Em discurso de 30 minutos na inauguração da primeira usina de biodiesel associado com álcool no País, o Lula da Silva afirmou ontem que não sabe ainda quais são as soluções para o Brasil crescer, mas que dedicará o resto deste ano a encontrar formas de "destravar o País" - missão à qual se destinará "até o 31 de dezembro".

"Tem algo, e não me pergunte o que é ainda, que eu não sei, e não me perguntem a solução, que não as tenho, mas eu vou encontrar porque o País precisa crescer", afirmou, em Barra dos Bugres (MT). Leia mais

*


PROMESSA DE DOBRAR SALÁRIO É MOEDA ELEITORAL NA CÂMARA
Na Câmara dos Deputados, todos se negam a falar abertamente, mas a proposta de reajuste de 92% nos salários dos parlamentares, passando de R$ 12,8 mil para R$ 24,5 mil — valor dos vencimentos do ministro do Supremo Tribunal Federal —, é considerada tema de campanha pela presidência da Casa, cuja eleição acontecerá em fevereiro do próximo ano.

Alguns deputados dizem que o atual presidente, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), discreto candidato à própria sucessão, estaria disposto a viabilizá-lo, de forma a agradar o “eleitorado”. Leia mais

*


GOVERNO CONSEGUE DERRUBAR REAJUSTE MAIOR PARA APOSENTADOS
A base aliada na Câmara dos Deputados conseguiu derrubar nesta terça-feira a emenda da oposição que previa um reajuste de 16,67% aos aposentados e pensionistas que ganham acima de um salário mínimo. A matéria foi rejeitada pelo plenário por 184 votos a 158. Houve quatro abstenções.

Com a derrota, os aposentados vão receber um aumento de 5,01%, conforme previa a Medida Provisória enviada pelo governo ao Congresso. A matéria segue agora para a apreciação dos senadores. Se houver alterações no Senado, a MP retorna à Câmara dos Deputados para nova votação. Leia mais

Por Gaucho/Gabriela (Movimento Ordem e Vigília Contra a Corrupção)

2 Comments:

  • Tem que bater nesses bandidos contratados. Juntar os fazendeiros e dar uma mão de sova nesse povo desocupado.

    By Anonymous Tavinho, at 6:50 PM  

  • Ah, sim!
    Veja o filme Reds, como eles são confusos... Foi do tempo que queriam implantar o comunismo nos EUA. Só que lá eles não tiveram vez, o povo odeia comunismo! Tem uns babacas como em todo planeta!

    By Blogger Bobby Grouver, at 7:45 PM  

Postar um comentário

<< Home