movimento ordem vigília contra corrupcao

quarta-feira, maio 03, 2006

BRASIL LIDERA LISTA DE DESCONFIANÇA NO GOVERNO

Os brasileiros são os que menos confiam no governo, segundo uma pesquisa em dez países encomendada pela BBC, Reuters e The Media Centre.

Apenas 30% dos entrevistados no Brasil disseram ter "muita" ou "alguma confiança" no trabalho do governo federal em "benefício da sociedade".

A pesquisa realizada pela GlobeScan, cujo principal objetivo é medir o grau de confiança na mídia, entrevistou mais de 10 mil pessoas entre 10 de março e 4 de abril.

O percentual de entrevistados brasileiros que disse confiar na imprensa em geral foi de 45%, igual ao da Coréia do Sul e maior apenas que a Alemanha (43%).

Os que parecem confiar mais são os indonésios, 71%, seguidos dos americanos (67%) e dos indianos (66%). No extremo oposto, além do Brasil, se encontra a Nigéria (34%).

Juntas, as populações dos dez países somam quase 2,3 bilhões de pessoas, o equivalente a quase 40% da população mundial.
A pergunta feita no Brasil foi a seguinte: "Até que ponto o senhor ou a senhora confia em cada uma das seguintes instituições (imprensa e mídia, governo) para trabalhar em benefício da sociedade?".
As respostas possíveis eram "tem muita confiança", "tem alguma confiança", "tem pouca confiança" e "não tem nenhuma confiança".

Para 64% no Brasil, governo interfere demais na imprensa

O governo do Brasil interfere demais na imprensa na opinião de 64% dos ouvidos em uma pesquisa realizada para a BBC.

A pesquisa ouviu 10.230 adultos nos seguintes países: Brasil, Estados Unidos, Egito, Grã-Bretanha, Índia, Nigéria, Rússia, Coréia do Sul, Alemanha e Indonésia.

O Brasil foi o único entre os dez países consultados a considerar a mídia impressa mais confiável do que as emissoras de TV.
Um total de 68% dos brasileiros estima que a mídia impressa é a mais confiável. O índice para os que consideram a TV como o meio de informação mais confiável é de 66%.

Os índice de brasileiros que diz ter deixado de lado uma fonte de informação por haver perdido a confiança nela foi o mais elevado entre os dez países - um total de 44%.

Confiança na mídia é maior do que no governo, diz pesquisa

De acordo com uma pesquisa realizada com mais de 10 mil pessoas, o Brasil é o país em que os cidadãos mais acham que existe interferência do governo sobre a mídia (64%).

Menos da metade dos brasileiros (45%) confia nas informações obtidas através da mídia e só 30% acreditam no governo.
Fontes alternativas de notícias, como a internet, estão ganhando novas audiências, especialmente entre os jovens. Material da BBC

Comentário:
Incongruências: Se apenas 30% dos brasileiros têm alguma confiança no trabalho do governo, como explicar os resultados das últimas pesquisas eleitorais que apontam para o crescimento do apedeuta?
Se, 64% dos brasileiros acham que o governo interfere demais na Imprensa, imaginem se eles fossem questionados (pela Reuters e The Média Centre, é claro) sobre estes resultados apresentados pelos Institutos de Pesquisa? Provavelmente, o nível de desconfiança chegaria muito próximo a 100%. Por, Gaucho (Movimento da Ordem e da Vigília Contra a Corrupção).

9 Comments:

  • também achei incorreta essa pesquisa, mas não se esqueça que o bolsa-esmola compra a confiança do povo

    By Anonymous Stella, at 1:01 AM  

  • Continuar admitindo "erros" nas pesquisas é conferir carta branca para que institutos influam no resultado da eleição e na vontade do povo, o que não se pode tolerar.
    Em eleição, o resultado de um instante é utilizado durante semanas, como retrato definitivo de uma tendência irreversível, o que acaba estabelecendo um círculo vicioso: consulta-se o eleitor e, depois, busca-se submetê-lo à ditadura dos números. Transforma-se o efêmero em definitivo, mascara-se a realidade. O nome disso é manipulação. Os vilões desse processo não são os institutos de pesquisa, mas os que deles se servem para perpetrar o engodo.

    By Anonymous ALOÍSIO, at 8:52 AM  

  • Lulla sempre apela para as massas porque não confia na imprensa. Não confia na imprensa porque, desde os seus tempos do ABC, se habituou à bajulação de repórteres que misturavam profissão com militância, e porque, nas chefias de redação, sempre foi tratado como um intruso que ousou subir da senzala para a casa grande sem ser convidado. Lula vai às massas porque não confia na imprensa. Não confia na imprensa porque, desde os tempos do ABC, se habituou à bajulação de repórteres que misturavam profissão com militância. Lula vai às massas porque não confia na imprensa. Não confia na imprensa porque, desde os tempos do ABC, se habituou à bajulação de repórteres que misturavam profissão com militância. Elle nunca aprendeu a lidar com jornalistas independentes ou com a oposição
    da imprensa. Quando se sente acuado ou injustiçado, apanha o microfone e vai para seus showzinhos de terceira, direto com o público. Ainda bem que a confiança na imprensa anda maior do que neste arremedo de governo. Sinal de que essa fórmula esgotou e se confina em currais eleitorais que não terão forças para definir a próxima eleição. Assim espero.

    By Anonymous Anônimo, at 9:31 AM  

  • Seu Lula, apesar das investidas contra a liberdade de imprensa (a ameaça de expulsar o jornalista Larry Rother do país, o projeto de criação do Conselho Federal de Jornalismo e a criação da agência nacional do audiovisual), assinou ontem a Declaração de Chapultepec -espécie de tratado internacional em defesa da liberdade dos meios de comunicação.

    Durante o pronunciamento, ele disse o seguinte: “Eu nasci para o mundo político graças à liberdade de imprensa” (...) E, outra vez, eu devo à liberdade de imprensa do meu país o fato de termos conseguido, em 20 anos, chegar à Presidência da República.”

    Impressionante a cara de pau do sujeito. Só idiotas para confiarem numa coisa dessa! E, olha, que ainda existem 30% de cidadãos vendo miragem!

    By Anonymous Jaoquim, at 11:33 AM  

  • Esta me faltando palavras para adjetivar este sujeito. Estamos todos esgotados deste malandro Inácio. Nem sei, se poderíamos chamar esta gente de políticos. Faz muito tempo que o quadro de verdadeiros políticos foi extinto. Hoje, temos um bando de ladrões, e o CAFONA Inácio da Silva, abraçando, abraçando e abraçando criancinhas, com suas mãos sujas. Pesquisa neste governo dos patifes, não mais confiável.

    By Anonymous Gabriela, at 12:04 PM  

  • Na minha opinião, os institutos de pesquisa são empresas privadas, e por isso visam o lucro, vedem seu produto a empresas jornalísticas, a partidos e candidatos ou a qualquer empresa que queira vender um produto ou serviço; donde eu concluo que não têm nada a ver com verdade ou com virtudes. São "apenas" ferramentas de marketing. No processo eleitoral são manipulados pelos interesses de quem pode pagar mais. No caso, o Pt está levando todas.

    By Anonymous José Maria, at 3:14 PM  

  • Na minha opinião, os institutos de pesquisa são empresas privadas, e por isso visam o lucro, vedem seu produto a empresas jornalísticas, a partidos e candidatos ou a qualquer empresa que queira vender um produto ou serviço; donde eu concluo que não têm nada a ver com verdade ou com virtudes. São "apenas" ferramentas de marketing. No processo eleitoral são manipulados pelos interesses de quem pode pagar mais. No caso, o Pt está levando todas.

    By Anonymous José Maria, at 3:14 PM  

  • E dá prá confiar numa besta incompetente igual a essa? O Brasil só podia ser Líder no quesito!

    By Anonymous Anônimo, at 6:18 PM  

  • Interessante.
    Os brasileiros não confiam no governo mas, segundo as pesquisas, vão colocar o Lula de novo lá.
    Traduzindo: acho que o povo não entendeu ainda que o Lula é o tal governo que ele (o povo) não confia! Céus!

    By Anonymous Sueli Costa, at 8:59 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home