movimento ordem vigília contra corrupcao

segunda-feira, maio 29, 2006

UM LÍDER CARISMÁTICO

“Quem espera que o diabo ande pelo mundo com chifres será sempre sua presa.”
(Schopenhauer)

Era uma vez um sujeito humilde, que resolveu entrar para o Partido dos Trabalhadores, logo no começo de sua existência. Foi praticamente um dos fundadores do partido. Tamanha era sua influência sobre os demais membros, que logo se tornou o maior líder dentro do partido.

Praticamente redigiu o programa que seria defendido pelo partido. Este programa era uma mistura de socialismo com nacionalismo.
O programa defendia a “obrigação do governo de prover aos cidadãos oportunidades adequadas de emprego e vida”. Alertava que “as atividades dos indivíduos não podem se chocar com os interesses da comunidade, devendo ficar limitadas e confinadas ao objetivo do bem geral”. Demandava o “fim do poder dos interesses financeiros”, assim como a “divisão dos lucros pelas grandes empresas”.

Também demandava “uma grande expansão dos cuidados aos idosos”, e alegava que “o governo deve oferecer uma educação pública muito mais abrangente e subsidiar a educação das crianças com pais pobres”. Defendia que “o governo deve assumir a melhoria da saúde pública protegendo as mães e filhos e proibindo o trabalho infantil”. Pregava uma “reforma agrária para que os pobres tivessem terra para plantar”. Combatia o “espírito materialista” e afirmava ser possível uma recuperação do povo “somente através da colocação do bem comum à frente do bem individual”. O meio defendido para tanto era o centralismo do poder.


O líder era muito carismático, e sua retórica populista conquistava milhões de seguidores. Ele contava com um brilhante “marqueteiro”, que muito ajudava na roupagem do “messias restaurador”, enfeitiçando as massas. Foi projetada a imagem de um homem simples e modesto, de personalidade mágica e hipnotizadora, um incansável batalhador pelo bem-estar do seu povo. Seus devaneios megalomaníacos eram constantes.

Sua propaganda política incluía constante apelo às emoções, repetindo idéias e conceitos de forma sistemática, usando frases estereotipadas e evitando ao máximo a objetividade. O Estado seria a locomotiva do crescimento econômico, da criação de empregos e do resgate do orgulho nacional. A liberdade individual era algo totalmente sem importância neste contexto.


Seu Partido dos Trabalhadores finalmente chegou ao poder, através da mesma democracia que era vista com desdém por seus membros. Uma “farsa” para tomar o poder. O real objetivo tinha sido conquistado. As táticas de lavagem cerebral tinham surtido efeito. Uma vez no governo, o líder foi concentrando mais e mais poder para o Estado, controlando a mídia, as empresas, tudo. Claro que o resultado foi catastrófico, como não poderia deixar de ser.

O povo pagou uma elevada conta pelo sonho do “messias” que iria salvar a pátria. Caro leitor, o líder carismático descrito acima não é quem você está pensando. Ele é, na verdade, Adolf Hitler, líder do Partido dos Trabalhadores Nacional-Socialista da Alemanha, mais conhecido apenas como “nazistas”. Schopenhauer estava certo no alerta da epígrafe. O diabo costuma se vestir de nobre altruísta.

Os chifres aparecem somente depois que a vítima vendeu-lhe sua alma. Aí já é tarde demais... por, Rodrigo Constantino - Rati Pró-Libertas.(Movimento da Ordem e da Vigília Contra a Corrupção)

9 Comments:

  • e agora José? o que fazer?

    By Anonymous Anônimo, at 12:36 PM  

  • "Aqueles que não se lembram do passado estão condenados a repeti-lo."
    --George Santayana

    By Anonymous Otacílio Daher, at 12:56 PM  

  • Precisamos urgentemente que surjam novas lideranças políticas que pelo menos tenham a humildade de não subestimar a inteligência do povo. Como nos ensina Lincoln, pode-se enganar a alguns durante todo o tempo ou a todos durante algum tempo. Mas não se pode enganar a todos durante todo o tempo.

    Estamos vivenciando a era messiânica, que parece ter encontrado em Lulla, sua mais legítima representação. Pois que seja a última! Nós, brasileiros, vamos pagar um alto preço por essa crença cega numa liderança carismática.

    Mas teremos que aprender, finalmente, a votar. Mais que isso: teremos que redescobrir a maneira de gerar lideranças legítimas, comprometidas com o interesse público. Nada como uma experiência dura e amarga para conduzir o aprendizado. Ainda que forçosamente. Infelizmente.

    By Anonymous Frederico Novaes, at 1:32 PM  

  • Interessante. A marca registrada da administração petista reforça a incompetência derivada da "empregomania".
    Vejam o que disse certa vez Hitler: (...)"Quanto mais postos e cargos um movimento tem a distribuir, tanto mais inferior será o material humano por ele atraído, e no fim esses 'caronas' políticos soterram um partido vitorioso com tal quantidade de gente que o lutador honesto de outrora não mais reconhece o antigo movimento. Quando isso acontece está liquidada a missão desse movimento" (...)
    Muitos, acham tola a comparação de Mula Hitler. Mas é impossível fechar os olhos para tanta semelhança.

    By Anonymous Joaquim, at 3:38 PM  

  • O PT não é o melhor dos partidos políticos. É o único partido verdadeiro. Os outros são simulacros de partido. Se sou petista, pouco me importa que Lula e Fidel Castro tenham fundado em 1990 o Foro de São Paulo para fortalecer a ditadura cubana. Que agora se apreste a alisar Chávez e outros monstros. O petista submete-se a todo este mecanismo de controle, ciente de que o Partido sabe o que faz. PT e religião! É pior que o Nazismo.

    By Anonymous Anônimo, at 7:06 PM  

  • Continuando com as meras semelhanças.......STALIN o ídolo dos Lulistas petistas...

    Josef Stalin
    Assim como Hitler, Stálin é culpado pela morte e sofrimento de milhões de pessoas – a maioria delas cidadãos inocentes da União Soviética.

    Nascido Iosif Vissarionovich Dzhugashvili, ele adotou o nome Stálin que significa Homem de Aço. Como membro do partido bolchevista, Stálin teve um papel ativo na Revolução da União Soviética em Outubro de 1917.

    Em 1922 ele passou a ser o Secretário Geral do Partido Comunista e escalou a hierarquia do partido. No fim dos anos 20, Stálin havia se transformado no ditador da União Soviética.

    Stálin iniciou seus programas de coletivização industrial e agropecuária, às custas humanas. Milhões de pessoas morreram de fome enquanto a produção da Rússia era vendida no exterior.

    A população soviética sofreu ainda mais durante a Grande Purificação– quando “inimigos do povo” eram enviados em milhões para o sistema Gulag de escravidão em acampamentos de trabalho.

    Stálin também executou inimigos militares. Conseqüentemente, foi um Exército Vermelho despreparado e reduzido que enfrentou a invasão alemã em junho de 1941. Mais uma vez suas táticas suicidas tiraram a vida de muitas pessoas, mas os nazistas foram finalmente dominados.

    Após a Segunda Guerra Mundial, Stalin presidiu um império comunista que cobriu a maioria da Europa Oriental. Tornando-se cada vez mais paranóico, ele continuou governando com terror e perseguição, morrendo de um derrame em 5 de março de 1953.

    By Anonymous Gabriela, at 7:29 PM  

  • Continuação....
    Os semelhantes homens. Uma paixão socialista marxista. Vejam como "SERES ELEVADOS" são todos iguais.

    Benito Mussolini (1883 -1945)


    Mussolini
    Através do uso da propaganda e controle absoluto da mídia, Mussolini substituiu o governo democrático da Itália desenvolvendo a idéia de fascismo e governou como ditador por mais de 20 anos.

    Mussolini nasceu em uma família de socialistas revolucionários e acredita-se que recebeu este nome por causa do radicalista mexicano, Benito Juarez. Nos seus anos de formação, ele seguiu os ensinamentos socialistas marxistas antes de passar para o nacionalismo, depois de ser chamado para a Primeira Guerra Mundial.

    Ele regressou à Itália e fundou o Partido Fascista em 1919. Utilizando força e intimidando seus oponentes políticos, ele passou a governar a Itália em 1922. Conhecido como I1 Duce – O líder, a ditadura de Mussolini se concentrava em melhorar os serviços públicos como o meio de transporte.

    No começo de sua liderança ele foi admirado por muitos, incluindo Winston Churchill. Entretanto, o estado fascista de Mussolini também serviu de inspiração para as práticas econômicas e políticas de Hitler dez anos depois.

    Nos anos 30, a Itália invadiu a Etiópia e Albânia e em 1939, Mussolini se juntou a Alemanha Nazista.

    O fracasso da Itália na guerra fez com que Mussolini fosse removido do governo. Depois da guerra, ele foi preso e executado.

    By Anonymous Gabriela, at 7:40 PM  

  • Finalizando.......
    As afinidades...
    Surgiu no partido facista de trabalhores alemães..

    Adolf Hitler (1889 - 1945)

    O desejo de Hitler de dominar o mundo foi executado com brutalidade e terríveis assassinatos que nunca haviam sido testemunhados antes. Ele foi o responsável direto pela morte de mais de 30 milhões de pessoas.

    Nascido na Áustria numa família de pais trabalhadores, o sonho de Hitler de ser um artista não foi realizado. Ele se mudou para Munique para servir o exército e foi condecorado duas vezes com a Cruz de Ferro na Primeira Guerra Mundial.

    Imediatamente após a Guerra, Hitler se uniu ao partido fascista alemão de trabalhadores. Dois anos de ponto de vista extremista e qualidades persuasivas o levaram a chefia do que era conhecido como Partido Nazista.

    A Alemanha estava passando por problemas econômicos e políticos nos anos 20. No meio desta tempestade, as idéias drásticas e paranóicas de Hitler chamaram a atenção do desesperado público alemão.

    Apesar de seu partido nunca ter conquistado a maioria da Alemanha, Hitler se transformou no Chanceler da Alemanha em 1933. Um ano depois, Hitler se declarou Fuhrer – ou líder. Qualquer sinal de democracia foi completamente destruído.

    As forças de Hitler começaram a se apropriar de paises em 1938. Os nazis diariamente matavam judeus, e qualquer um que pudesse significar ameaça ao sonho ariano de Hitler. Adolf Hitler se matou com um tiro no dia 30 de abril de 1945 – sua “civilização” afundou junto com ele.

    By Anonymous Gabriela, at 7:49 PM  

  • Temos um misto-quente de nazismo e fascismo -, implementado pelo vianismo (doutrina neonazista), cuja conversa mole esconde o espírito do mal, cruel e perverso. Dando uma de esquerda preocupada com o social, aos poucos, eles ocuparam os espaços na corte real e vão usar os mecanismos do poder para reprimir e perseguir, manter calado o povo com a receita da nonna de panis et circences. Essas figuras estão aí, já não mais disfarçando a senha de legítimos filhotes da ditadura. A estrela no peito aos poucos vai virando cruz suástica.

    By Anonymous MÁRIO, at 9:13 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home