movimento ordem vigília contra corrupcao

sábado, setembro 08, 2007

“SOU APARTIDÁRIO” ! QUE RAIO SERÁ ISTO?


Nos últimos tempos tem sido muito comum ouvir esta expressão por aí: “Sou apartidário”. Ora, que será isto?

Estamos vivendo um paradoxo, um conceito pouco comum. Os petistas cavam palavras e nos jogam no abismo para que fiquemos cavando com os pés, como quem anda apalpando com medo de dizer: “eu tenho um lado sim”!

Se estamos nesta situação caótica convivendo com os piores homens na política, foi devido a falta de politização, de interesse da população em saber quem é quem, neste emaranhado que chamamos de parte da política. É um contra-senso um absurdo viver neste mundo sem seguir uma idéia, uma norma, uma escola, uma posição etc.. Isto se chama “partidário” de alguma organização que planeja o "melhor ou o pior" para a sociedade. Somos pessoas políticas que convivemos em sociedade, e por esta razão temos posição, lado, parte.

Hoje vivemos a experiência dos mesmos interesses, idéias e objetivos de tirar a quadrilha do poder. Portanto meus amigos abominem esta palavrinha abismal “apartidário” - criada pelo petismo e que muito convém aos déspotas.

Estamos no último grau da perversidade imposta pelo Nazi-petismo que é o de quebrar as regras da ética e moral a serviço da injustiça social.

Não seja um bundão! Não dê palmadinhas na pança para dizer com todo orgulho: “Eu detesto política, porque sou “ apartidário “”. Nunca diga que você não tem lado, idéias, parte neste caminho de vida.

Somos todos PARTIDÁRIOS sim! Tirar o Lula do poder é o nosso partido, é a nossa posição, a nossa bandeira. E, dentro dela, cabem todas as organizações que se disponham a lutar contra o LuloPetismo. Por Gaúcho/Gabriela (MOVCC)

7 DE SETEMBRO
SOBRARAM LUGARES NA PLATÉIA

MUITO GASTO PARA POUCO PÚBLICO
Com faixas instaladas em frente às arquibancadas, familiares de militares protestaram contra os baixos salários da tropa e contra a corrupção. Uma das faixas mais incisivas dizia: "Em defesa da moral e da ética. Fora Ali Babá e seus quarenta ladrões". Outro cartaz, no meio da multidão, saudava Tiradentes. Aproximadamente 200 integrantes do Grito dos Excluídos foram barrados perto da Catedral e impedidos pela polícia de usar um carro de som para protestar em frente ao Congresso Nacional.

Longe da austeridade exibida durante o ano das eleições presidenciais, quando o Palácio do Planalto se cercou de cuidados para evitar que a festa do 7 de setembro fosse confundida com um comício, as comemorações do Dia da Pátria, este ano, custaram aos cofres públicos R$ 2,2 milhões - 41% a mais do que a solenidade do ano passado, orçada em R$ 1,4 milhão.

Mas se o gasto foi maior, o público ficou bem aquém do esperado. Cerca de 30 mil pessoas compareceram ao evento, programado para receber entre 45 mil e 50 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios. A platéia do desfile militar foi mantida longe do Lula da Silva. As reforçadas grades de isolamento blindaram-no de eventuais vaias. Perto de Lula, apenas arquibancadas com convidados especiais do Planalto.

O comparecimento foi ainda menor do que em 2006, quando o governo evitou dar publicidade à festa. A maior extensão das cercas - 9,5 mil metros de extensão contra 7,5 mil metros, do ano anterior - foi o principal motivo alegado para o aumento dos gastos e, também, para a frieza do público em relação ao evento. Leia mais
aqui

APLAUSOS E VAIAS NO DESFILE DO RIO
Cerca de 10 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, assistiram ao desfile cívico-militar, na Avenida Presidente Vargas. O governador Sérgio Cabral não foi à parada. Mandou em seu lugar os secretários de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, e o de Educação Nelson Maculan. Os secretários e o comandante-geral da PM, Ubiratan Angelo, foram vaiados, quando os seus nomes foram anunciados no palanque, assim como outros políticos que ocuparam a tribuna.

Os militares, que estavam no mesmo lugar, foram aplaudidos. O público ficou empolgado com o desfile do Corpo de Bombeiros, Exército, Aeronáutica, Marinha e das polícias.

AVIÕES VAZIOS, MORTE NAS ESTRADAS
O 7 de Setembro registrou movimento tranqüilo nos aeroportos e
trânsito intenso e violento nas estradas do país. É uma prévia do que as autoridades esperam para o primeiro feriado prolongado depois do acidente com o Airbus da TAM. Justamente nas rodovias do Rio Grande do Sul e de São Paulo - Estados de partida e chegada do A-320 - foram registrados os acidentes mais graves de ontem.

MENSALÃO: LULA E MARES GUIA ESTÃO SOB INVESTIGAÇÃO
"A INVESTIGAÇÃO ESTÁ EM ABERTO"
O procurador-geral, Antonio Fernando de Souza, diz que caso haja indícios nem o presidente será poupado e que há mais deputados no mensalão. O procurador-geral, Antonio Fernando de Souza, diz que caso haja indícios nem Lula será poupado e que há mais deputados no mensalão. Já encaminhou ao Supremo novos relatórios com a movimentação financeira da SMP&B. "Investigação está aberta", afirma. Revista IstoÉ – Leia matéria na íntegra
aqui

EQUIPE ECÔNOMICA DEFENDE QUE RENAN FIQUE
O temor é que a cassação do senador abra guerra pela sucessão e impeça votação da CPF. O Planalto quer colocar, até o final do mês, ponto final no caso Renan Calheiros (PMDB-AL), seja preparando sua eventual sucessão, em caso de cassação ou renúncia, seja interrompendo a série de acusações que desgasta o presidente do Senado desde o final de maio. A indefinição provocada pelas acusações contra Renan gera apreensão na equipe econômica do Planalto. Integrantes do eixo Fazenda-Planejamento defendem a permanência dele no cargo. Economistas do governo avaliam que a permanência de Renan na presidência é o
caminho mais cômodo para aprovar a CPMF.

Por Gaúcho/GABRIELA (MOVCC)

7 Comments:

  • Não existe quem é apartidário. Pode ser que a pessoa não seja filiada a nenhum partido político registrado no Tribunal Eleitoral, mas que ela compartilha de pensamentos de algum grupo, compartilha, pois ninguém é totalmente original.

    By Anonymous LUÍZ, at 3:00 PM  

  • Concordo com esse Blog esclarecedor. Parabéns!
    Não existe uma criatura que seja apartidária. Estamos fartos dessa conversa idiota.

    By Anonymous Carlos ( PR), at 3:29 PM  

  • De fato!! O que significa exatamente ser "apartidário" – não defender partidos ou não tomar partido? Como é que se consegue expressar uma opinião sem tomar partido? É o tradicional chauvinismo das esquerdas retrógradas fazendo tremer diante do nefasto poder anatematizante do vocábulo.

    By Anonymous MEU PARTIDO É FORA LULA!, at 3:43 PM  

  • É o jogo da satanização. Da mesma forma que ser de direita é ser considerado autoritário sem virtudes, o ser apolítico (uma espécie de concessão) é uma tecla morta que não cheira nem fede. É a “posição” em cima do muro, admissível nos casos em que se que critica sem apontar o culpado. No fundo também é uma POSIÇÃO! A POSIÇÃO dos que poupam!

    By Anonymous Alexander Munhoz/SP, at 4:13 PM  

  • Bem colocado o assunto "apartidário". Multidões de tontos com faixas de ordem, berrando que são apartidário.
    Meus cumprimentos, ao Gaúcho e Gabriela, pelo tremendo toque.

    By Anonymous Sou de direita - Marcos Rabelo, at 5:52 PM  

  • Sou de direita, do outro lado do lamaçal. Aquele lado que almeja políticos e partidos que pensem, que para um país dar certo, precisamos estabelecer regras e graus elevados para que homens ocupem cargos eletivos. Enquanto a porta do "Phd" da ignorância e da bagabundagem ficar aberta a "qualquer um" , nosso pobre Brasil será comandado por doentes e monstros.

    By Anonymous Gabriela, at 6:08 PM  

  • Corrigindo.....

    vagabundagem

    By Anonymous Gabriela, at 8:48 PM  

Postar um comentário

<< Home